quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

A Blasfêmia do "Porco Dio"

Blasfêmia é toda palavra que ultraja a divindade, insulta a religião. É uma palavra que consiste em usar o nome de Deus, de Jesus Cristo, e do Espírito Santo de maneira injuriosa. É uma "irreverência desafiadora" contra uma pessoa da divindade. A blasfêmia opõe-se diretamente ao segundo mandamen­to que proíbe todo uso inconveniente do nome de Deus. Ela consiste em proferir contra Deus, interior ou exteriormente, palavras de ódio, de ofensa, de desafio, em falar mal de Deus, faltar-lhe deliberadamente com o respeito ao abusar do nome de Deus. Tiago reprova "os que blasfemam contra o nome sublime (de Jesus) que foi invocado sobre eles" (Tg 2:7).

A Bíblia nos apresenta a “blasfêmia contra o Espírito Santo” no Novo Testamento, que é mencionada em ( Mateus 12:15-32;Marcos 3:20-30) pelo próprio Jesus.  Aplicaríamos o termo a pecados como amaldiçoar a Deus, ou, propositadamente, degradar coisas relativas a Deus. Este caso de blasfêmia, entretanto, é específico, chamado de “A Blasfêmia contra o Espírito Santo” em Mateus 12:31. Em Mateus 12:31-32, os Fariseus, tendo testemunhado provas irrefutáveis que Jesus fazia milagres no poder do Espírito Santo, afirmaram que, ao contrário, o Senhor estava possuído pelo demônio “Belzebu” (Mateus 12:24). Há outras maneiras de blasfemar contra o Espírito Santo, mas esta foi “A” blasfêmia imperdoável. Note que em Marcos 3:30 Jesus é muito específico a respeito do que exatamente eles fizeram para cometer a “blasfêmia contra o Espírito Santo”.
Mas a blasfêmia que quero apresentar não é esta que foi referida anteriormente. Trata- se de uma expressão de origem italiana chamada "porco dio" do Latim PORCUS, “porco”.

Isto é uma blasfêmia italiana, onde DIO é “Deus”. E PORCO é o que parece.
Essa ofença a Deus chegou ao Brasil junto com os imigrantes italianos, enraizando-se especialmente no sul. É muito comum ouvir um sonoro "Porco Dio"! Quando se mora perto ou em áreas de imigração italiana (ou seja, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo). O Catolicismo Romano repudia o uso do "Porco Dio", considerando-o uma ofensa gravíssima contra Deus. O fato da Igreja Católica renegar a existência do Porco Dio, acredita que trata-se de um xingamento direto a Deus.

"Porco Dio" como divindade
Germano Mosconi, grande teólogo e filósofo, em sua magnum opus, Teologia Mosconiana, afirma que o "Porco Dio" é uma entidade criada pelo próprio povo italiano e, portanto, é um deus manifesto e separado. Ele afima também que esta veneração segue os padrões católicos, pelo menos do ponto de vista dogmático.
Para os veneradores do "Porco Dio", o céu trata-se de um vasto chiqueiro, com abundância de lama, lavagem e conforto.Em contrapartida, o inferno é uma grelha flamejante, uma churrasqueira acesa ou um espeto. 

Obra Il Porco Dio, tela a óleo, pintada por Da Vinci, demonstrando a importância do "Porco Dio" à cultura italiana.

Mas para mim particularmente não passa de mais uma maneira que Satanás usou para deturpar, agredir, ofender  a Deus, chamando-O de porco! Mascarando essa blasfêmia com uma figura de uma "divindade suína". Reparem na imagem o triângulo ao fundo com um olho no meio, isso lhe parece familiar?
Sinto um pesar muito grande em meu coração toda vez que ouço esse insulto a Deus, sim! Todos os dias ouço essas ofensas a Deus, está por todo lado, enraizado na cultura, se tornou vício para alguns, cada dez palavras, seis tem essa blasfêmia. 

Por esse motivo senti o Espírito Santo me chamar a escrever esse artigo sobre esse assunto, para alertar e abrir os olhos de vocês amigos, que por ignorância e desconhecimento possam estar mencionando essas palavras profanas em suas expressões ou conheçam alguém que faz o mesmo quando se sentem com raiva, espanto ou qualquer outro sentimento, não façam mais isso!
Se algum dia você já insultou a Deus dessa maneira, peça perdão a Ele, e abandone esse vício e linguajar profano!

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça"1Jo 1:9

Deus não leva em conta os tempos da ignorância (Atos17:30), em que você amigo desconhecia o verdadeiro significado dessas palavras, arrependa-se, peça perdão a Ele e converta-se para ser cancelado os vossos pecados (Atos 3:19).

“Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes” – 2Tim. 3:1-5

Meu convite a você hoje é: Saia da roda dos escarnecedores(Sal 1:1) e blasfemadores(2Tm 3:1-5)

0 comentários:

Postar um comentário

▲ TOPO DA PÁGINA