quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Quem era sacerdote no tempo em que Davi estava fugitivo, Abiatar ou Aimeleque? Marcos 2:26 diz que foi Abiatar e no primeiro livro de Samuel diz que foi Aimeleque.


Primeiramente, vamos aos textos bíblicos. Comecemos por Marcos 2:26 “Como entrou na Casa de Deus, no tempo do sumo sacerdote Abiatar, e comeu os pães da proposição, os quais não é lícito comer, senão aos sacerdotes, e deu também aos que estavam com ele?”  Agora, I Samuel 21:1:  “Então, veio Davi a Nobe, ao sacerdote Aimeleque; Aimeleque, tremendo, saiu ao encontro de Davi e disse-lhe: Por que vens só, e ninguém, contigo?” Também quero ler I Samuel 22:20:  “Porém dos filhos de Aimeleque, filho de Aitube, um só, cujo nome era Abiatar, salvou-se e fugiu para Davi”.
Quando Davi estava fugindo de Saul e buscou pães para dar de comer aos seus homens, ele procurou o sumo-sacerdote Aimeleque. Aimeleque, entretanto estava bastante idoso e seu filho Abiatar o ajudava. Nada impede de Aimeleque ter dado os pães para Davi, mas através das mãos de seu próprio filho. Um deu e o outro entregou os pães a Davi. Portanto as duas passagens bíblicas estão corretas.
Como vemos em 1 Samuel 22:20, logo depois desse episódio Saul mandou matar todos os filhos de Aimeleque. Só sobrou Abiatar que fugiu e ficou com Davi num país estrangeiro. Assim sendo, enquanto Saul nomeou um sumo sacerdote, Zadoque, Davi também nomeou outro sumo-sacerdote, a Abiatar. Quando Davi tornou-se rei ele não quis destituir nenhum dos dois e então os dois ficaram por um tempo como sumo-sacerdotes.
Como o pai de Abiatar estava morto, tudo indica que Abiatar colocou no seu filho o nome do pai falecido. (Uma prática muito comum até os nossos dias – o neto ter o nome do avô). Dessa forma o filho de Abiatar também se chamou Aimeleque, ou Abimeleque (os dois nomes são semelhantes no hebraico).
Tudo indica que durante um pequeno período de tempo (talvez durante o curto reinado de Absalão) o filho de Abiatar tenha ficado como sacerdote atuando no lugar do Pai. Mas Abiatar retornou a cena e aparece ainda mencionado em alguns versos bíblicos no início do reinado de Salomão. Vejamos os dois versos bíblicos que se referem a esse período. “Zadoque, filho de Aitube, e Aimeleque, filho de Abiatar, eram sacerdotes, e Seraías, escrivão”. (2 Samuel 8:17). “Zadoque, filho de Aitube, e Abimeleque, filho de Abiatar, eram sacerdotes; e Sausa, escrivão”. (1 Crônicas 18:16)
Salomão por sua vez preferiu os serviços do sumo-sacerdote Zadoque, mas por consideração a Davi seu pai, ele tinha consideração para com Abiatar.
Isto nos mostra que para lermos e entendermos a Bíblia temos que estudá-la com cuidado lembrando que os personagens viveram muitas vezes mais de 50 anos e neste meio tempo muita coisa pôde acontecer.

2 comentários:

Blog disse...

A Bíblia é um livro espiritual que também fala de história, mas o seu foco é a espiritualidade e não um livro de história que fala de espiritualidade. Então detalhes históricos não relevantes podem parecer conflitantes, mas nunca haverá conflito doutrinário ou espiritual. Certo Douglas??

Bíblia e a Ciência disse...

Disseste bem!Detalhes históricos parecem conflitantes, porém ao fazer uma análise e comparando vários textos vc descobre que os textos estão se complementando, os conflitos desaparecem e volta a reinar a harmonia entres os escritos.A Palavra de Deus é infalível! Grande abraço e que Deus te abençoe.

Postar um comentário

▲ TOPO DA PÁGINA